Empresas têm até agosto de 2020 para se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – LGPD.

 em Newsletters

As empresas brasileiras ou estrangeiras que realizam tratamento de dados pessoais no território brasileiro, direcionado ao mercado brasileiro e/ou envolvendo indivíduos localizados no território brasileiro, têm até agosto de 2020 para se adequarem à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (“LGPD”)[1].

Mesmo antes da sua entrada em vigor, a LGPD já começa a ter implicações no ambiente de negócios no Brasil.

Em negociações de contratos, por exemplo, está se tornando cada vez mais comum se deparar com cláusulas que regulam o tratamento de dados pessoais. Além disso, questões relacionadas à proteção de dados pessoais já começam a fazer parte de auditorias em operações de M&A, independentemente da indústria ou atividade envolvida.

Tendo em vista que um bom programa de adequação à lei não deve ficar limitado à revisão de políticas de privacidade e documentos afins, mas deve incluir também, entre outros aspectos, a análise e entendimento prévio da situação da empresa em relação ao tratamento de dados pessoais e identificação das bases legais que autorizam a sua realização, aquelas empresas que ainda não começaram o seu processo de adequação à LGPD devem inicia-lo o quanto antes, evitando assim o risco de não estar cumprindo com tal legislação quando da sua efetiva entrada em vigor em agosto de 2020.

Para maiores esclarecimentos sobre este assunto, contatar:

Marcela Figueiró
marcela.figueiro@nbfa.com.br
(11) 3707-8370

Brunno Morette
brunno.morette@nbfa.com.br
(11) 3707-8370

Rita Nader
rita.nader@nbfa.com.br
(11) 3707-8370

[1] Lei nº 13.709/18, conforme alterada pela Lei nº 13.853/19.
Este memorando foi elaborado exclusivamente para os clientes deste escritório e tem por finalidade informar as principais mudanças e notícias de interesse no campo do Direito. Surgindo dúvidas, os advogados estarão à inteira disposição para esclarecimentos adicionais.
A presente Newsletter contém informações de caráter geral, dirigidas aos clientes de nosso escritório, sem que constitua uma opinião profissional ou assessoramento jurídico relativamente a nenhum tema particular, presente ou futuro em que nosso escritório atualmente presta ou possa vir a prestar assessoria.
2017 NBF|A Advogados. Todos os direitos reservados. A exploração, reprodução, distribuição pública ou privada, transformação total ou parcial sem a autorização prévia de NBF|A Advogados é estritamente proibida. A presente comunicação foi enviada a um endereço eletrônico que nos foi informado. Se não desejar continuar recebendo informações sobre os nossos serviços, publicações e eventos profissionais eletronicamente, por favor clique aqui para cancelar seu cadastro.